top of page

O ciúme da lua

Atualizado: 19 de abr. de 2021

Esta é uma poesia da escritora de Belo Horizonte (MG), Jeane Beatriz Macedo Pacheco Antunes de Carvalho. A poesia nos traz uma linda imagem do encontro entre lua e sol no crepúsculo.

A lua chegou intempestivamente,

Enquanto o sol, rubro e majestoso,

Fugia sorrateiramente,

Escondendo-se, brilhante e garboso,

Atrás da montanha cintilante.

No jardim, as belas flores

Exalavam no ar o seu perfume,

Mas a lua surgiu, cheia de ciúme,

Soberana e linda, para pratear a noite,

Uma noite calma e tão doce, enfim...

Em que uma suave brisa de verão

Brincava de espalhar ao vento

Um delicioso cheiro de jasmim...

 

53 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Mestiça

Crepúsculo

コメント


Post: Blog2_Post
bottom of page